22/11/2019 – Internet
Internet: O que é e como ela chega até você?

O que seria a internet, já parou pra pensar?
Criada por universitários num contexto de guerra, a essência da internet (que na época ainda nem tinha esse nome) sempre foi a comunicação. Isso porque se buscava naquele período um meio de comunicação que “sobrevivesse” a ataques nucleares. No entanto, hoje, numa visão macro, temos a internet também como uma infraestrutura para prover serviços, criar produtos e novos modelos de negócios deixando nosso cotidiano cada vez mais tecnológico e interconectado com todo o mundo.

Podemos, então, defini-la como uma rede de redes que conecta o mundo e cria uma forma de comunicação, interação e vivência entre indivíduos grupos e instituições. Assim, o que foi desenvolvido para ser mais resistente que o telefone, saiu da tela do computador e pode ser utilizado nas coisas mais simples do nosso cotidiano,  como um relógio ou um óculos, por exemplo.

Hoje, de acordo com o relatório Digital In 2018 do Hoosuite e do We are Social, 56% das pessoas do mundo estão conectadas a internet. No entanto, o Brasil está acima da média mundial com 67% de pessoas conectadas, de acordo com a pesquisa TIC Domicílios 2018 realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br). Isso dá mais de 4 bilhões de pessoas no mundo conectadas. E no Brasil são mais de 120 milhões de pessoas conectadas.

E como fazemos uso desse acesso? O Portal G1, utilizando a pesquisa TIC Domicílios 2018 confeccionou um gráfico para demonstrar quais dispositivos traduzem o acesso à internet e quais os serviços mais utilizados.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2019/08/28/uso-da-internet-no-brasil-cresce-e-70percent-da-populacao-esta-conectada.ghtml

Mas para muitos, a internet parece ser algo bem abstrato. Entretanto, esse complexo sistema pode ser mais palpável do que você pode imaginar. Podemos conceituar a internet, basicamente, como uma infraestrutura material, lógica e geograficamente distribuída que interconecta ou fica interconectada a todos os continentes do mundo por meio de equipamentos, máquinas e principalmente cabos submarinos. Esses cabos são quilométricos, resistentes e indispensáveis para ao mundo moderno. Lançados ao mar, vão sendo distribuídos pelo planeta e daí surge essa comunicação global.

Para entender melhor como esses cabos estão dispostos no mundo, você pode acessar o site: https://www.submarinecablemap.com/ , o mapa é interativo fazendo com que você possa clicar nos cabos e saber exatamente quais países e continentes estão interligados. E se quiser entender como eles funcionam é só acessar: https://youtu.be/jNUh0cx9c-8 . Agora, se quiser saber como eles são colocados lá, é só acessar: https://youtu.be/k5rmchMHyq8

Mas ainda fica a pergunta: Você navega na internet ou na web?

Vamos imaginar uma estrada que interliga vários lugares e que nela existem diversos carros. Essa estrada tem diversos caminhos e cada motorista escolhe o que acha mais conveniente. A partir do caminho escolhido, os motoristas irão se deparar com novos lugares, novas pessoas e novas paisagens. Mas o que isso tem a ver com internet e web?

Então… A estrada seria a internet, a qual interliga diversos pontos, já os caminhos seriam os navegadores (Internet Explorer, Google Chrome, Mozilla Firefox) que devem ser escolhidos pelos motoristas, os quais podemos chamar de usuários. A partir do caminho traçado, os motoristas irão conhecer diversas paisagens, pessoas e lugares, assim como quando navegamos na web e descobrimos os sistemas de conteúdo disponíveis na internet.

Logo, você pode entender a internet como uma rede que conecta os computadores ao redor do mundo. É através dela que são transferidos milhões de dados todos os dias entre servidores e computadores pessoais, smartphones, tablets, consoles, televisores e vários outros dispositivos interconectados. Já a World Wide Web, conhecida pela siga WWW ou também chamada de WEB, é o meio que permite que você usufrua do conteúdo transferido pela internet. Mas, para isso, você precisa de um navegador, como por exemplo: Internet Explorer, Google Chrome, Mozilla Firefox, etc.

 

Bárbara Santini

Coordenadora de conteúdo da PlacaMãe.Org_. Advogada. Pós-graduanda em Direito Processual. Alumna do curso de extensão de Governança da Internet da EGI. Alumna do Curso de extensão sobre Lei Geral de Proteção de dados pessoais pela DataPrivacyBrasil.

Genifer Andrade

Pesquisadora e Coordenadora Jurídica da PlacaMãe.Org_. Advogada. Pós-graduada em Direito Administrativo. Alumna do curso de extensão de Governança da Internet da EGI. Alumna do Curso de extensão sobre Dados e Direitos pela CesarSchool.

Curtir

Compartilhar